19/08/2022 +55 (42) 9991-4781

Volei

Duda e Ana Patrícia batem suíças e estão na final do Mundial

Duda e Ana Patrícia não deram chance às medalhistas olímpicas Heidrich e Vergé-Depré e se garantiram na final do Mundial de vôlei de praia

Por Fernando Gavini 18/06/2022 às 12:40:28

Nas categorias de base, Duda e Ana Patrícia fizeram história ao ser bicampeãs mundiais sub-21 em 2016 e 2017 e ganhar a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos da Juventude em Nanquim-2014. Agora, elas têm a chance de subir no lugar mais alto do pódio na categoria adulto. Neste sábado, elas derrotaram as suíças Heidrich e Vergé-Depré com parciais de 21/19 e 21/13 e se classificaram para disputar neste domingo a final do Mundial de vôlei de praia contra as vencedoras do duelo entre as alemãs Müller e Tillmann e as canadenses Bukovec e Brandie. No masculino, Vitor Felipe e Renato também se classificaram para a decisão.

A vitória deste sábado teve um sabor especial para Ana Patrícia, que, jogando ao lado de Rebecca, foi eliminada por Heidrich e Vergé-Depré nas quartas de final dos Jogos Olímpicos de Tóquio no ano passado. Na oportunidade, as suíças conquistaram a medalha de bronze olímpica.

Na construção da vitória, cada uma das brasileiras marcaram 15 pontos cada. Enquanto Duda fez 13 de ataque e dois de saque, Ana Patrícia conseguiu 10 de ataque e cinco de bloqueio.

As brasileiras encontraram dificuldade no começo do primeiro set com os saques forçados das duplas suíças, mas Ana Patrícia e Duda não se abalaram, reagiram e construíram a vitória por 21 a 19, definida no saque para fora de Heidrich.

No segundo set, Duda e Ana Patrícia se impuseram e abriram 4 a 1 logo de cara, forçando um pedido de tempo das suíças. Heidrich e Vergé-Depré reagiram e empataram o jogo em 4 a 4, mas, depois disso, as brasileiras dominaram o confronto e foram abrindo vantagem até chegar à vitória com extrema autoridade por 21 a 13.

Para chegar até a decisão, Duda e Ana Patrícia fizeram uma campanha perfeita no Mundial. Em sete jogos, foram sete vitórias e apenas um set perdido até agora. Depois de passar por Wang/Xia (CHN), Schutzenhofer/Plesiutschnig (AUT) e Hermnnova/Williams (TCH) na primeira fase, elas bateram as japonesas Ishii e Mizoe na fase de 32, derrotaram as compatriotas Bárbara Seixas e Carol Solberg nas oitavas e tiveram uma vitória espetacular sobre as campeãs mundiais Pavan e Melissa, do Canadá, por 24/22 e 21/14.

Fonte: ODT

Comunicar erro
Comentários