Sesi Franca e Corinthians duelam pelas semifinais da Copa Super 8 2023, nesta quarta (25),

Jogão será às 19h, com transmissão ao vivo do SporTV

Por Assessorias em 24/01/2023 às 20:29:57

Vale vaga na finalíssima da Copa Super 8 2023! Após vencerem Bauru (8º) e 123 Minas (4º), respectivamente, pelas quartas de finais, Sesi Franca (1º) e Corinthians (5º) entrarão em quadra nesta quarta-feira (25/01), às 19h, no Ginásio Pedrocão, com transmissão ao vivo do SporTV, em partida válida pelas semifinais da competição que marca a virada de turno do NBB. O vencedor decidirá o troféu contra Flamengo (2º) ou São Paulo (3º), que se enfrentam logo depois, às 21h10, no ginásio do Tijuca, em jogo que também terá transmissão do SporTV.

Sesi Franca e Corinthians nunca se enfrentaram na Copa Super 8, mas no NBB o confronto já aconteceu nove vezes. A equipe francana saiu vencedora em oito oportunidades, enquanto o Timão venceu apenas uma partida, em 2020.

Três atletas do Sesi Franca estavam no time que foi campeão da Copa Super 8 de 2019: Lucas Dias, David Jackson e Márcio- a equipe francana busca o segundo título e igualaria o Flamengo como maior vencedor da história da competição. Do outro lado, o Corinthians possui em seu elenco dois jogadores que são atuais campeões da Copa Super 8 – o pivô Maique e o ala/pivô Queirós fizeram parte da campanha do título do 123 Minas na temporada passada.

O Sesi Franca (77,4%) e o Corinthians (75,8%) são os dois melhores times do NBB 2022/2023 em aproveitamento de lances livres. Podemos esperar belos lances nesta semifinal, afinal, o Corinthians (3,7 por jogo) é o líder de enterradas do NBB 2022/2023. O Sesi Franca é o sexto do ranking com 1,9 por jogo.

A vitória do Sesi Franca sobre o Bauru por 83 a 58 igualou a maior diferença de pontos da história da Copa Super 8. O 123 Minas possui o mesmo recorde de 25 pontos de vantagem, com a vitória nas quartas de final de 2021 sobre o Mogi, por 96 a 71.

Georginho chama atenção pelo lado francano, pois é o único jogador de todo o campeonato que está nos três Top 15 de pontos, rebotes e assistências do NBB 2022/2023. Suas médias são de 15,1 pontos (12º), 9,2 rebotes (2º) e 6,0 assistências (4º). O armador lidera o NBB em eficiência, com 20,4. Além disso, Lucas Dias (17.7 PPJ), Lucas Mariano (17.4 PPJ) e David Jackson (14.6 PPJ) continuam formando um quarteto de imensa qualidade ao lado de Georginho e figuram como 4º, 5º e 15º maiores pontuadores da liga até aqui, respectivamente.

Além de marcar presença entre os cinco maiores pontuadores do NBB, Lucas Dias é o atleta do Sesi Franca com o qual a torcida mais se identifica. Jogador com mais tempo de clube (5 temporadas) no elenco inteiro, o ala/pivô chegou a Franca em 2018 para ser o protagonista da nova "Era Sesi". Quatro anos depois, levantou os troféus do NBB 21/22, da Sul-Americana 2018, da Copa Super 8 19/20 e de 4 Campeonatos Paulistas (18, 19, 20 e 22).

No âmbito coletivo, a equipe comandada por Helinho Garcia tem o melhor aproveitamento de lances livres (77%) e o segundo melhor em bolas de 3 (38,6%) em todo o NBB 2022/2023.

Do outro lado, o alvinegro paulista desbancou o atual campeão da competição para chegar às semifinais da edição 2023. Após vencer o 123 Minas por 105 x 90, o Corinthians bateu o recorde de pontuação da história do torneio de tiro-curto. Além disso, Davaunta Thomas explodiu para 31 pontos e agora tem em seu currículo a maior pontuação da história das Copas Super 8.

Em sua primeira temporada no Brasil, Davaunta Thomas é o segundo maior cestinha do NBB 2022/2023, com 18,7 pontos por jogo. Em 18 partidas jogadas, o norte-americano só não pontuou em dígitos duplos (10+) em apenas duas oportunidades.

O Corinthians é o time que mais tocos dá no NBB 2022/2023, com 3,8 por jogo. Os grandes responsáveis são Maique e Mãozinha. Os dois atletas são os líderes de tocos no NBB, com 1,3 e 1,2 blocks por jogo, respectivamente. Um dos principais jogadores do Corinthians na temporada, Maique é um dos candidatos ao prêmio de "Maior Evolução" do NBB 2022/2023.

Além do pivô, Mãozinha também vem chamando a atenção com a camisa do Corinthians. Fora o fato de ser o líder de rebotes e segundo em eficiência do NBB, Mãozinha possui outra estatística absurda. O ala/pivô do Corinthians está com um aproveitamento de 73,7% nas bolas de 2, o melhor número da Liga. Suas médias são de 11,5 pontos, 9,6 rebotes e 20,0 de eficiência por jogo.

Nas quartas de finais contra o 123 Minas, Mãozinha anotou um duplo-duplo de respeito: 25 pontos, 11 rebotes e 31 de eficiência, a quinta maior da história das Copas Super 8.

Comunicar erro

Comentários

Ks materiais