Taboão/Magnus anuncia duas renovações

Luana Moura e Natalinha permanecem em Taboão da Serra em 2023.

Por Futsal em PautaTaboão da Serra | SP em 16/01/2023 às 21:40:49
(Fotos: Diego Alves/@dieegol9)

(Fotos: Diego Alves/@dieegol9)

O time feminino de futsal mais vencedor do Brasil renovou com duas peças fundamentais para o desempenho histórico das últimas temporadas: Luana Moura e Natalinha permanecem em Taboão da Serra em 2023.

No ano de 2022, o Taboão Magnus se firmou, mais uma vez, no topo do futsal feminino nacional e internacional. Campeão da Copa do Brasil, Campeonato Paulista, Metropolitano, da Libertadores e vice da LFF, o time contou com Luana e Natalinha que, juntas e individualmente, mostraram a importância fundamental que possuem na equipe.

Luana tem 27 anos e atua como ala e fixa. No ano passado, foi artilheira em todas as competições vitoriosas da equipe. Ao todo, foram 53 gols assinados, suficientes para render à atleta premiações como a de Craque da Copa do Brasil e da Seleção da Liga de Futsal Feminino. Para ela, o alto nível atingido serve como motivação para os novos desafios:

"A responsabilidade aumenta a cada ano. Gosto dessa responsabilidade, isso me tira da zona de conforto, e é gratificante estar em umas das melhores equipes do país. Acredito que preciso continuar escrevendo minha história no clube, temos muito o que viver juntos e minha sede de títulos continua".

Motivação para um novo ano de destaque não faltam. Para ela, os motivos extrapolam as linhas das quadras.

"Particularmente preciso dar alegria a algumas pessoas que são fundamentais pra mim e fazê-los felizes me motiva a cada dia. Além disso, a conexão que tenho com a torcida. Tenho uma admiração enorme por cada um, me faz bem vestir essa camisa", explica a jogadora.

Para Natalinha o ano foi igualmente grandioso. Foram 9 gols na Liberta, 12 da LFF, 7 na Copa do Brasil e 11 no estadual. Seus tentos e atuações exemplares renderam à atleta o título de melhor pivô da Seleção da Liga de Futsal Feminino. Relembrando os grandes méritos e os desafios, ela avalia a temporada de 2022.

"Foi uma temporada incrível para todos nós, especialmente para o clube pelo fato de irmos pela primeira vez para a Libertadores e trazer o Ouro para Taboão da Serra. Acredito que foi o ano mais vitorioso para nós. Tivemos um grande desafio com a perda da nossa Pietra e isso nos uniu muito mais, tiramos forças de onde já não tinha para continuar e conquistamos o Tri da Copa do Brasil", relata Natalia

Após tantas conquistas individuais e coletivas, as expectativas se tornam ainda mais altas.

"A cada renovação eu penso como se fosse a minha primeira. A vontade, a raça, a determinação e a minha entrega sempre serão as mesmas. Eu quero ser melhor a cada ano que passa e assim espero fazer uma excelente temporada em 2023. A história que eu criei aqui, acredito que ainda tem muito pela frente para acabar. Ainda tenho desejo de conquistar muitos títulos pelo Taboão", finaliza a atleta.

Comunicar erro

Comentários

Ks materiais