Brasil vence Cabo Verde e avança em 2º no Mundial

Brasil vence Cabo Verde e garante segundo lugar do grupo, avançando de fase no Mundial

Por Wesley Felix em 16/01/2023 às 16:50:19

(Foto: IHF)

O Brasil venceu seu segundo jogo no Mundial de handebol masculino nesta segunda-feira (16), em Gotemburgo, na Suécia. Num confronto direto contra Cabo Verde, a seleção verde-amarela ganhou por 30 a 28, e garantiu o segundo lugar do grupo C da competição, avançando à segunda fase. Jean Pierre Dupoix foi o destaque do jogo, com sete gols.

Com retrospectos semelhantes na competição, Brasil e Cabo Verde entraram em quadra já classificadas para a próxima fase do Mundial. Ainda assim, o jogo foi de extrema importância para as duas equipes, pois valeu o segundo lugar da chave e uma posição mais confortável para a sequência da competição – os resultados se acumulam para o restante do torneio.

Na segunda fase do Mundial, os três classificados do grupo C se juntarão aos três do grupo D, formando uma nova chave. Brasil, Cabo Verde e Suécia (grupo C) e Islândia, Hungria e Portugal (grupo D) formarão o grupo II da competição. Os resultados da primeira fase são levados em conta para a segunda fase e, assim, o Brasil já terá uma vitória e uma derrota.


O próximo compromisso do Brasil no Mundial será na quarta-feira (18), contra adversário ainda não definido. Hungria e Portugal ainda se enfrentarão nesta segunda para definição das posições finais do grupo D.



Como foi o jogo

O jogo começou parelho, mas logo o Brasil tomou a iniciativa e passou a frente. Até os 15 primeiros minutos, a seleção abriu frente no placar, chegando a ter 11 a 7. Na reta final da etapa inicial, porém, errou muito no ataque e viu os cabo-verdianos encostarem no placar. O Brasil também desperdiçou quatro ataques seguidos em que o goleiro adversário não estava na meta. Ainda assim, o primeiro tempo terminou 17 a 15 para os sul-americanos.

Já no segundo tempo, o Brasil voltou com tudo e logo aumentou sua vantagem, chegando a ter 24 a 19 de frente. No entanto, mais uma vez a metade final do tempo não foi agradável e o final do jogo foi sofrido. A seleção verde-amarela chegou a ficar oito minutos sem marcar um único gol e viu a equipe adversária a cortar a diferença para um gol a três minutos do fim. Nos momentos decisivos, o Brasil conseguiu sustentar sua vantagem para sair vitorioso em 30 a 28.

O artilheiro do Brasil no jogo foi Jean Pierre Dupoix, com sete gols, num aproveitamento de 80%. João Pedro Silva também foi muito bem, em especial no começo do jogo, marcando cinco gols. Chiuffa anotou quatro, assim como Gustavo Rodrigues. Os goleiros Ferrugem e Rangel também foram muito importantes na vitória, fazendo boas defesas. Pelo lado cabo-verdiano, Paulo Moreno fez sete gols.

Comunicar erro

Comentários

Ks materiais