Athletico busca empate, entra no G-4 e impede liderança do Corinthians

Timão abre o placar em golaço de falta, domina primeiro tempo, mas Furacão reage principalmente após expulsões e busca gol na Arena da Baixada

Por GE em 15/06/2022 às 23:49:25

O Athletico buscou um empate por 1 a 1 com o Corinthians na noite desta quarta-feira, na Arena da Baixada, entrou temporariamente no G-4 e impediu o rival de assumir a liderança do Campeonato Brasileiro nesta 12ª rodada. O Timão abriu o placar com um golaço de falta de Róger Guedes, logo no início, e teve chances de ampliar. O Furacão, porém, reagiu no segundo tempo, principalmente após a entrada de Vitor Roque, passou a assustar e buscou a igualdade num pênalti cometido por Raul Gustavo e convertido por Terans. No meio disso, houve muita discussão, briguinhas e duas expulsões – de Roni e Hugo Moura – após trocarem cabeçadas. Assista aos melhores momentos do jogo:

O empate leva o Athletico aos 18 pontos, na quarta posição, mas podendo ser ultrapassado pelo São Paulo, que joga nesta quinta. Já o Corinthians vai a 22, mesmo número do líder Palmeiras, mas perde no saldo de gols e ainda tem um jogo a menos que o rival, que também vai a campo na quinta. CLIQUE AQUI e veja a tabela do Brasileirão.

Primeiro tempo

A partida começou com tudo. Com três minutos, o Athletico já havia finalizado três vezes. Mas a pressão inicial do Furacão não surtiu efeito. Na primeira chance do Corinthians, após falta sofrida por Willian, o atacante Róger Guedes cobrou uma falta, a 29 metros de distância, na gaveta de Bento para abrir o placar. O jogo continuou aberto em seguida. O Timão teve mais posse de bola, mas o Athletico foi quem mais finalizou. Foram 11 chutes a gol dos mandantes, contra três dos visitantes.

Segundo tempo

O Corinthians lançou Rafael Ramos na lateral direita para fortalecer a linha defensiva, mas o que se viu foi um Athletico dominante. Principalmente após a entrada do garoto Vitor Roque, que encontrou espaços na defesa, chegou a colocar uma bola na trave e trouxe a torcida para o lado do Furacão na Arena da Baixada. Ao mesmo tempo, a temperatura do jogo aumentou, com discussões, chegadas mais fortes e as expulsões de Roni e Hugo Moura após troca de cabeçadas. Com 10 de cada lado, o Athletico aumentou a pressão, e Vitor Roque sofreu pênalti de Raul Gustavo (marcado com ajuda do VAR após o árbitro Leandro Vuaden ter marcado falta fora da área). Terans bateu com categoria, fez o gol e fechou o placar.

Próximos jogos

O Corinthians recebe o Goiás no próximo domingo, às 16h (de Brasília), na Neo Química Arena. No mesmo dia e horário, o Athletico tem clássico contra o Coritiba, no Couto Pereira. Os dois jogos são válidos pela 13ª rodada do Brasileirão.

Comunicar erro

Comentários

Ks materiais