ADTB apresenta o primeiro reforço para a temporada 2023

O Clube já tinha renovado com cinco das jogadoras do atual elenco. Agora chega o primeiro reforço

Por Redação em 30/12/2022 às 10:16:42

Após confirmar a renovação dos contratos das jogadoras Lele, Ludi, Kássia Ellen, Gabi e Laura, a diretoria da Associação Desportiva de Telêmaco Borba anuncia o primeiro grande reforço para a próxima temporada.

Trata-se de Thais de Lima Oliveira, jogadora de 24 anos, Fixa/ Armadora que jogou este ano na equipe paulista do Aifa/Indaiatuba.

Thais já esteve em Telêmaco neste ano defendendo a seleção brasileira no Desafio de Futsal de Salão contra a Argentina, em evento que ocorreu nos dias 28 e 29 de outubro.

Nascida em Indaituba, dia 19 de novembro de 96, a jogadora teve passagens pelo Americana Elias Fausto, Olímpia F.C, Atlético Oliveira, Ituano e Aifa/Indaiatuba,

Em entrevista ao tbesportes, conta que começou a jogar em um projeto Social que se chama "Educando para Vida" aos 7 anos de idade e como hobby gosta de tocar violão, ouvir música e assistir filmes e séries.

Suas principais qualidades em quadra são a precisão de passe, finalização longa distância, leitura de jogo e ótima no desarme.

Fora de quadra, é focada, disciplinada, determinada, sendo muito resiliente e íntegra.

Apaixonada pelo futsal, sua maior alegria é poder estar defendendo o nosso país e disputar campeonatos importantes, mas se decepciona ao constatar que no meio do esporte também existem pessoas não idôneas.

Conta que 2022 foi um ano de crescimento profissional diante das dificuldades e no próximo ano, na ADTB contribuir com a equipe. "2022 foi um ano de crescimento profissional e reconhecimento do meu trabalho. Um ano de superação pois passamos o final da temporada praticamente sem elenco devido às lesões, mas aprendi a lidar com as dificuldades que saíram do planejamento dentro da modalidade", afirma.

"Em 2023, que eu possa alcançar os meus objetivos pessoais e profissionais, assim como, ajudar a Equipe conquistar aquilo que almejam", finaliza.

TEMPORADA DA ADTB

Neste ano a ADTB sofreu várias baixas em seu plantel com várias jogadoras entregues ao Departamento Médico e outras três transferidas para o exterior prejudicando a campanha do clube que disputou 8 competições. O time acabou a temporada com apenas 11 atletas.

Mesmo assim, as Panteras conquistaram três títulos, dois vice e um terceiro lugar.





Comunicar erro

Comentários

Ks materiais