30/09/2022 +55 (42) 9991-4781

Volei

Clima de Jogos Olímpicos na preparação da seleção masculina para o Campeonato Mundial

Os jogadores e a comissão técnica são a primeira delegação esportiva a treinar na base que o COB montou em Saint-Ouen-sur-Seine a 1,5 km da Vila Olímpica

Por Assessorias 22/08/2022 às 17:23:08

O central Flávio (no ataque) busca a primeira participação olímpica (Créditos: Marina Ziehe / Comitê Olímpico do Brasil )

Paris 2024 já é realidade para muitos atletas brasileiros. Para a seleção masculina, o clima de Jogos Olímpicos é ainda mais forte nesta reta final de preparação para o Campeonato Mundial, que começa sexta-feira, na Eslovênia e na Polônia. Os jogadores e a comissão técnica são a primeira delegação esportiva a treinar na base que o Comitê Olímpico do Brasil (COB) montou em Saint-Ouen-sur-Seine, na região metropolitana de Paris, a 1,5 km da Vila Olímpica. Inspiração para quem já faz parte da história olímpica dentro e fora das quadras, como o técnico Renan; para quem já tem as sonhadas medalhas no currículo, mas ainda quer mais, como o capitão Bruninho; e para quem sonha disputar pela primeira vez a maior competição esportiva do planeta, como o central Flávio.

"É muito importante estarmos aqui neste momento que antecede o Campeonato Mundial. Vivenciar, ainda que por poucos dias, este ambiente pré-Paris 2024 é muito bom, traz uma motivação extra a cada um dos atletas. Jogar uma edição dos Jogos Olímpicos é um sonho para quem vive do esporte. Com a gente não seria diferente. Poder ter este gostinho às vésperas da estreia no Mundial será fundamental, pois além do fator motivacional, nos dá a noção do que teremos à disposição em 2024", explica Renan, que viveu a experiência olímpica como jogador (Moscou 1980, Los Angeles 1984 e Seul 1988) e como treinador (Tóquio 2021).

No Campeonato Mundial, a seleção masculina vai em busca do tetra. A estreia é nesta sexta-feira (26.08) contra Cuba, às 6h (de Brasília). O fim do ciclo iniciado este ano é exatamente Paris-2024. "É difícil pensar tão à frente em nossa vida de atleta. Mas ter a oportunidade de conhecer as instalações que o COB está preparando é uma experiência muito bacana. Nosso foco hoje é todo para o Mundial, mas foi importante ter esse momento. Representar o Brasil em Jogos Olímpicos é algo incrível, mas o Mundial também é uma competição imensa no nosso calendário", comenta Bruninho, que já disputou os Jogos Olímpicos quatro vezes e faturou três medalhas: ouro no Rio 2016, e prata em Pequim 2008 e Londres 2012.

No elenco da seleção masculina também há quem ainda esteja em busca da primeira participação olímpica. Aos 29 anos, o central Flávio foi o terceiro melhor bloqueador da última Liga das Nações. Ele reforça que o foco no momento é o Mundial, mas espera estar de volta a Saint-Ouen-sur-Seine em 2024.

"Foi uma oportunidade muito boa conhecer a estrutura que será disponibilizada para a seleção brasileira nos Jogos Olímpicos de Paris. Estamos às vésperas do Mundial, que é um dos eventos mais importantes para nós nesta temporada, e estar aqui, com ares olímpicos, é uma motivação Claro que passa pela minha cabeça voltar em 2024, é o sonho de qualquer atleta de alto rendimento disputar os Jogos. Mas essa caminhada é passo a passo", diz Flávio.

Para os treinos que antecedem a estreia no Campeonato Mundial, o técnico Renan convocou os levantadores Bruninho e Fernando Cachopa; os opostos Darlan, Felipe Roque e Wallace; os centrais Flávio, Leandro Aracaju, Léo Andrade e Lucão; os ponteiros Adriano, Leal, Lucarelli e Rodriguinho; e os líberos Maique e Thales.

CAMPEONATO MUNDIAL – PRIMEIRA FASE

26.8 (sexta-feira) – BRASIL x Cuba, às 6h – sportv 2

28.8 (domingo) – BRASIL x Japão, às 9h – sportv 2

30.8 (terça-feira) – BRASIL x Catar, às 6h – sportv 2

Comunicar erro
Comentários