30/09/2022 +55 (42) 9991-4781

Futebol

Miranda é expulso, São Paulo sofre, mas elimina América-MG e vai à semi da Copa do Brasil

O adversário do São Paulo na semifinal da Copa do Brasil será o Flamengo. O time rubro-negro eliminou o Athletico-PR

Por Gazeta Esportiva 18/08/2022 às 22:50:50

O São Paulo sofreu, mas se classificou à semifinal da Copa do Brasil. Visitando o América-MG nesta quinta-feira, na Arena Independência, em Belo Horizonte, o time comandado por Rogério Ceni abriu 2 a 0, sofreu o empate no segundo tempo, jogando a maior parte dele com um a menos, mas, com a igualdade em 2 a 2 no placar, avançou de fase, já que venceu o jogo de ida, no Morumbi, por 1 a 0.

Autor dos dois gols do São Paulo, Luciano foi o principal destaque da equipe em Belo Horizonte. Miranda, por sua vez, deixou o Tricolor em maus lençóis ao receber o segundo cartão amarelo logo no início da etapa complementar em falta questionável, deixando o time em desvantagem numérica e tendo de lidar com uma forte pressão do América-MG, que foi às redes com Wellington Paulista, de pênalti, no fim do primeiro tempo, e com Everaldo, já na metade final da partida.

O adversário do São Paulo na semifinal da Copa do Brasil será o Flamengo. O time rubro-negro eliminou o Athletico-PR, vencendo o rival em plena Arena da Baixada por 1 a 0. O sorteio do mando de campo acontece nesta sexta-feira, às 11h (de Brasília).

O jogo

O São Paulo começou o jogo como se não tivesse em vantagem e rapidamente se impôs diante dos donos da casa. Tendo facilidade para chegar ao ataque, o Tricolor acabou abrindo o placar aos 22 minutos, quando Rodrigo Nestor ajeitou para Luciano bater colocado, da entrada da área, sem chances para Matheus Cavichioli. Um golaço.

Cinco minutos depois, o São Paulo ampliou, novamente com Luciano, que recebeu um lindo passe de Calleri, driblou o zagueiro Iago Maidana e bateu no cantinho, marcando outro golaço na Arena Independência para aproximar ainda o Tricolor da semifinal da Copa do Brasil.

Mas, com a ampla vantagem, o time comandado por Rogério Ceni relaxou no final e permitiu que o América-MG passasse a levar perigo. Aos 40 minutos, os donos da casa foram premiados pela insistência. Após revisão do VAR, o árbitro marcou pênalti a favor do Coelho após Iago Maidana cabecear no braço de Reinaldo. Wellington Paulista foi para a cobrança e não desperdiçou, descontando pouco antes do intervalo.

Segundo tempo

Na etapa complementar a situação ficou ainda mais complicada para o São Paulo. Miranda recebeu o segundo cartão amarelo em um lance bastante questionável ao fazer falta em Everaldo na entrada da área e deixou o Tricolor em desvantagem numérica logo aos 12 minutos. Com isso, o técnico Rogério Ceni foi obrigado a promover as entradas de Welington e Nikão nas vagas de Reinaldo e Luciano, respectivamente.

Só que as alterações promovidas pelo treinador do São Paulo não adiantaram. Aos 20 minutos, Pedrinho teve liberdade o suficiente para erguer a cabeça e cruzar à meia altura para Everaldo, que completou de primeira dentro da área para empatar o jogo para o América-MG.

A partir daí os donos da casa foram com tudo para cima do São Paulo em busca da virada e tinham o atacante Pedrinho como principal arma ofensiva. O Tricolor, por sua vez, tentou manter a posse de bola e ocupar o campo ofensivo, deixando o adversário distante de sua área. Assim, o time comandado por Rogério Ceni conquistou a suada classificação para a semifinal da Copa do Brasil.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG 2 X 2 SÃO PAULO

Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)

Data: 18 de agosto de 2022, quinta-feira

Horário: 21h (de Brasília)

Árbitro: Braulio da Silva Machado (FIFA-SC)

Assistentes: Kleber Lucio Gil (FIFA-SC) e Fabrício Vilarinho da Silva (FIFA-GO)

VAR: Ariano Milczvski (PR)

Gols: Luciano, aos 22 e aos 28 do 1ºT (São Paulo); Wellington Paulista aos 42 do 1ºT, e Everaldo, aos 20 do 2ºT (América-MG)

Cartões amarelos: Everaldo, Índio Ramírez, Alê, Matheusinho, Eder, Danilo Avelar (América-MG); Luciano, Miranda (2), Igor Vinícius (São Paulo)

Cartão vermelho: Miranda (São Paulo)


AMÉRICA-MG: Matheus Cavichioli; Raúl Cáceres, Iago Maidana (Matheusinho), Potiguar e Danilo Avelar; Eder, Alê (Henrique Almeida) e Juninho; Pedrinho, Everaldo e Wellington Paulista (Aloísio).

Técnico: Vágner Mancini.


SÃO PAULO: Jandrei; Diego Costa, Miranda e Léo; Igor Vinícius (Rafinha), Pablo Maia, Igor Gomes (Alisson), Rodrigo Nestor e Reinaldo (Welington); Luciano (Nikão) e Calleri (Patrick).

Técnico: Rogério Ceni.

Comunicar erro
Comentários