19/08/2022 +55 (42) 9991-4781

Volei

Itália vence e Brasil é vice-campeão da Liga das Nações feminina

Brasil foi superado pela Itália na final por 3 sets a 0 e ficou com o vice-campeonato da Liga das Nações de vôlei feminino

Por Fernando Gavini 17/07/2022 às 15:31:22

Brasil x Itália Liga das Nações de vôlei feminino (Foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV)

Não deu para o Brasil na final da Liga das Nações de vôlei feminino! Jogando em Ancara, na Turquia, a equipe brasileira foi derrotada pela Itália por 3 a 0 com parciais de 25/23, 25/22 e 25/22 e ficou com o vice-campeonato. Na disputa pelo bronze, a Sérvia derrotou a Turquia e ficou com o terceiro lugar. Gabi e Carol foram escolhidas para a seleção do campeonato e a italiana Paola Egonu foi eleita a melhor da competição.

"Nenhum dos dois times conseguiu se colocar ao máximo na final, cometendo erros em demasia com poucas defesas e poucos ralis. Cometemos erros nos momentos mais decisivos do jogo. A gente não conseguiu incomodar a Itália nos dois primeiros sets a não ser no terceiro com uma formaçao diferente. Estou triste pelo jogo, mas feliz por tudo o que construímos ao longo desse campeonto. Temos que trabalhar muito para chegar no nível da Itália e melhorar o sistema defensivo", analisou o técnico José Roberto Guimarães depois da partida.

Com 21 pontos, 18 de ataque e três de bloqueio, Paola Egonu foi a maior pontuadora da final. Do lado brasileiro, Kisy fez 14 pontos e Gabi marcou 11. Foi a terceira vez que o Brasil ficou com o vice-campeonato da Liga das Nações de vôlei feminino. Em 2020 e 2021, a equipe foi derrotada pelos Estados Unidos na decisão.

A Itália foi superior ao Brasil ao longo de toda a partida. No primeiro set, comandada por Egonu e com Bosetti numa grande partida, as italianas abriram seis pontos de vantagem com autoridade. No final da parcial, no entanto, a equipe brasileira reagiu e entrou na briga pelo set, mas um erro de passe de Kisy seguido por um de saque de Carol determinaram a vitória das europeias por 25/23.

No segundo set, o Brasil seguiu lutando para se manter na partida, mas a Itália seguiu firme na liderança até fechar a parcial em 25/22. No terceiro set, José Roberto Guimarães mexeu no time e colocou em quadra Pri Daroit, Lorena e Ana Cristina.

Com as mudanças, o Brasil cresceu no jogo e chegou a liderar o placar pela primeira vez no jogo quando fez 3 a 2. Depois disso, conseguiu se manter a frente até a metade da parcial. Na reta final, no entanto, a Itália reassumiu a ponta e fechou o placar em 25/22.

Fonte: Olimpíada Todo Dia

Comunicar erro
Comentários