20/08/2022 +55 (42) 9991-4781

Futebol

Em noite de grande festa em São Januário, Vasco vence o Operário pela Série B do Brasileiro

Com gols de Quintero, Nenê, de pênalti, e Palacios, em cobrança de falta, time de Maurício Souza encosta no Cruzeiro, que tem um jogo a menos

Por GE 24/06/2022 às 23:20:39

O Vasco venceu o Operário-PR por 3 a 0, nesta sexta-feira, em São Januário, em noite de grande festa da torcida. Com gols de Quintero, Nenê, de pênalti, e Palacios, em cobrança de falta no ângulo, todos marcados no segundo tempo, a equipe vascaína deu mais um passo na Série B do Campeonato Brasileiro, em jogo válido pela 14ª rodada.

O Vasco entrou em campo com fogos nas cores da bandeira LGBTQIA+. O clube realizou uma série de homenagens à causa contra a homofobia, para celebrar o Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+, que acontece na próxima terça-feira. Ao longo do jogo, a torcida vascaína apoiou muito o time e vibrou com a vitória.

Com a vitória, o Vasco chegou aos 30 pontos e aparece em segundo na tabela da Série B, com um ponto a menos que o Cruzeiro, que tem uma partida a menos. Com 16 pontos, o Operário-PR é o 11º colocado.

Na próxima segunda-feira, o Operário recebe a Chapecoense no Estádio Germano Krüger, às 20h. Na próxima quarta-feira, o Vasco vai até o Jorge Ismael de Biasi enfrentar o Novorizontino, às 21h30. Os dois jogos são válidos pela 15ª rodada da Série B.

O JOGO

Mesmo empurrado pela bonita festa da torcida, o Vasco teve dificuldades na criação na primeira etapa e não conseguiu se impor. O time até buscou o ataque, mas pouco ameaçou. Com mais volume de jogo, o Operário não conseguiu se infiltrar na defesa vascaína, mas criou oportunidades principalmente com chutes de fora da área.

Segundo tempo

O Operário começou melhor o segundo tempo e colocou uma bola no travessão em chute de Giovani Pavani. Mas, após sofrer com a falta de criatividade, o Vasco abriu a porteira na reta final da partida. Aos 34, Nenê encontrou Quintero na área, que abriu o placar de cabeça. Aos 41, após revisão do VAR, a arbitragem marcou pênalti para o Vasco. Nenê cobrou bem e fez o segundo. Aos 50, Palacios acertou a bola no ângulo e marcou um golaço de falta da entrada da área.

Comunicar erro
Comentários