Charleston (EUA) – Depois de comemorar apenas cinco vitórias no primeiro trimestre de 2019, Caroline Wozniacki conseguiu uma importante vitória na abertura da temporada de saibro. A dinamarquesa estreou no WTA Premier de Charleston superando a alemã Laura Siegemund por duplo 6/2 em 1h28 de partida.

Apesar de as duas parciais terminarem com o mesmo placar, o primeiro set durou 53 minutos e teve 75 pontos disputados, enquanto o segundo foi muito mais tranquilo para a dinamarquesa, que definiu a parcial em 35 minutos após a disputa de 47 pontos. Wozniacki conquistou cinco quebras, perdeu somente um game de saque, e cometeu apenas nove erros contra 25 de sua adversária. Siegemund fez 30 a 19 em winners.

PUBLICIDADE_____________________________________________________________

Por mais que todos os games do primeiro set tenham sido muito longos, Wozniacki só enfrentou um break point, quando já liderava por 4/2. A dinamarquesa colocou 82% de primeiros serviços em quadra e apostava em sua solidez de fundo para levar a melhor na maioria dos ralis longos. Dessa forma, a ex-número 1 terminou o set vencendo quatro games seguidos. Siegemund conseguiu quebrar na abertura do segundo set, mas cedeu o empate de imediato. Depois disso, Wozniacki quase não errou, cedeu só mais cinco pontos no saque e obteve duas novas quebras.

Em Charleston, Wozniacki disputa seu primeiro torneio sob a tutela de Francesca Schiavone. A italiana de 38 anos e campeã de Roland Garros em 2010 encerrou sua trajetória como jogadora profissional em julho do ano passado e irá acompanhar a dinamarquesa durante a temporada de saibro do circuito.

Campeã do torneio ainda em 2011, Wozniacki enfrenta nas oitavas de final a romena Mihaela Buzarnescu, que venceu a norte-americana Lauren Davis por 6/3 e 6/2. Atual 13ª colocada aos 28 anos, a dinamarquesa levou a melhor nos dois duelos anteriores que fez contra Buzarnescu, canhota de 30 anos e trigésima do ranking.

Superada por Wozniacki nesta quarta-feira, Siegemund tem um bom histórico no saibro. De suas nove vitórias contra top 10, oito foram neste piso. A alemã de 31 anos já conquistou o forte Premier de Stuttgart em 2017 e também havia disputado a final do torneio no ano anterior, além de ter sido campeã em Bastad. Depois de alcançar o 27º lugar do ranking, Siegemund sofreu uma grave lesão no joelho direito em maio de 2017. Desde então, teve dificuldades para retomar seu melhor nível e aparece hoje apenas na 107ª posição.

No último jogo da segunda rodada de Charleston, Madison Keys precsiou lutar por 2h27 para vencer a alemã Tatjana Maria por 7/6 (7-5), 4/6 e 6/4. A norte-americana de 24 anos e número 18 do ranking fez 52 winners e 48 erros não-forçados. Ela agora desafia a letã Jelena Ostapenko nas oitavas. Keys levou a melhor no único duelo anterior contra Ostapenko, ex-top 5 e atual 31ª do ranking, em partida disputada na grama de Birmingham em 2016.

loading...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here