Pausa
  • 1

  • 2

  • 3

  • 4

  • 5

  • 6

  • 7

A partir desta sexta feira (15), o Ginásio de Esportes Heitor de Alencar Furtado (Furtadão) será o palco da melhor competição do salonismo feminino brasileiro. A arena esportiva estará recebendo 14 equipes da elite do futsal brasileiro, representantes de cinco estados brasileiros: É a décima edição da Liga Futsal Feminina.

Inaugurado em 1983, no final de 2012, o deteriorado ginásio foi alvo de uma reforma parcial, ganhando pintura nova e melhorias nos vestiários. Na semana passada, moderna iluminação foi inaugurada sanando com o um dos crônicos e incômodo problema do Furtadão.

Disputar uma Liga Futsal Feminina passou a fazer parte dos planos e metas da cidade a partir das participações e conquistas em competições nacionais, mas para tanto, como a participação na Liga é somente para os clubes franqueados, o sonho parecia impossivel.

A oportunidade finalmente surgiu: O Maringá Seleto Clube que detém uma das franquias,  mas nos últimos anos não monta equipes, e  cedendo a sua vaga através de parceria no ano passado para Cianorte. O compromisso com Cianorte acabou e começaram as negociações com Telêmaco, intermediadas pelo Chefe da Divisão de Esportes de Telêmaco e coordenador do projeto de futsal, Telmo Nascimento, o técnico Anderson Valério e o Presidente do Maringá Seleto Clube Eder Lima.

Depois de acertados os detalhes, a proposta já encabeçada também pelo Secretário de Esportes, Professor João Alfredo Tiburcio Neto (Keko) foi apresentada ao Prefeito Luiz Carlos Gibson, que incontinente, deu seu aval.

"A liga nacional é o melhor campeonato nacional da modalidade.  Dez das 14 tetra campeãs mundiais na Espanha em 2013 estarão na disputa. Será uma grande oportunidade para todos",  anunciava Anderson Valério.

A partir daí, começou o trabalho para montar a estrutura, física e financeira.

O time local

Se a estrutura física já está pronto, o representando local também. Nesta quinta feira à tarde, o Professor Anderson Valério faz o último treino com o grupo que desde o início do ano está focado nesta competição que indubitavelmente era o sonho de todos.

O grupo mescla experiência e juventude, formada por atletas na sua maioria do estado, três cariocas, uma rondoniense , uma matogrosense  e as pratas da casa, Japa e Rarine, que com apenas 17 anos já envergou a camisa da seleção brasileira principal.

São elas: as goleiras Bruna (20 anos -Curitiba), Leslie (16, Guaratuba),  Adriana Flak e Jheni (24 e 16, Ponta Grossa);as fixos, Emily (20, Paranaguá), Flaviane (20, Cuiabá),  Jê (23, Sertanopolis) as alas,Casaroti (23,Campo Mourão), Japa (16, Telêmaco Borba), Fran (26), Babi (17), Letícia Reis (17),Raquel (27) e Bia (16, todas de Curitiba), Chaay (22, Guarapuava), Caty (18, Formosa do Oeste), Veronica (16), Fernanda (17) Pequena ( 19,São Jorge do Oeste) Eliane (17,Ortigueira) Dedeia (24, Rondonia)J e Karina (17, Rio de Janeiro).

A prata da casa, Rarine é um dos destaques de Telêmaco

Em Coronel Vivida, o basquete masculino faz história assegurando uma das vagas para a Divisão 'A' dos Jogos Abertos do Paraná.

Samuel Carneiro - Redação tbesportes

Com uma vitória maiúscula, inquestionável, com trinta pontos de diferença, Telêmaco Borba derrotou na noite desta quarta feira, Rolândia e pela primeira na história da modalidade disputa a final dos Jogos Abertos do Paraná- Divisão ‘B’ com vaga ainda este ano assegurada para a divisão de elite do Paraná.

Foram 88x58, uma vitória que começou já no primeiro quarto quando os telemacoborbenses fizeram 22x16. No quarto seguinte, o time caiu de produção permitindo  uma reação  dos rolandenses que ganharam o quarto19x18. A diferença que era de seis pontos caiu para cinco com o placar do  primeiro tempo apontando 40x35.

No terceiro quarto, Telêmaco entrou no jogo novamente ampliando a vantagem para dez pontos: 21x16. No último quarto, a vantagem foi avassaladora, 27x7, que determinou a vantagem dos trinta pontos.

Nesta quinta feira (14), Em Coronel Vivida, no Ginásio de Esportes Karina Mezzona, Telêmaco decide o título contra Paranaguá que na outra semifinal ganhou de Foz do Iguaçu por 101 a 82.

Alerxandre Sikorski, Carlos da Silva, Gabriel, Leandro, Maickel, Maycon, Rafael Costa e Rafael Chaikoski são os atletas que defendem Telêmaco na busca do título inédito.

A fase final dos 57º Jogos Abertos do Paraná (JAPs) é realizada pela Secretaria de Estado do Esporte e do Turismo (SEET) com a parceria dos Escritórios Regionais do Esporte e com o apoio das Prefeituras de Chopinzinho e Coronel Vivida.

Foi definido nesta quarta-feira (13/8), pelo diretor de arbitragem da Confederação Brasileira de Futsal, Daniel Pomeroy, a equipe de arbitragem que vai atuar na Liga Feminina de Futsal 2014. A décima edição da competição será realizada na cidade de Telemanco Borba, no Paraná, entre os dias 15 e 22 de agosto. Destaque para as árbitras Fifa: Katiucia Meneguzzi e Renata Neves Leite escaladas para o torneio.

A competição terá a presença de 14 equipes que irão em busca do título nacional. Detentora dos seis últimos títulos, a equipe da Associação Female Futsal (SC) desponta como grande favorita para a conquista do campeonato deste ano.

Confira a relação da equipe de arbitragem que irá atuar na competição

ÁRBITRAS:

KATIUCIA MENEGUZZI DOS SANTOS-FIFA (PR)
ANA CAROLINA MAZZETTI CARBONAR-(PR)
MARIA FERNANDA PETRELLI – (PR)
REGINA CÉLIA MOTA – (PR)
MARIA APARECIDA ALVES _(SC)
ANELIZE MARIA SCHULZ – (SC)
RENATA NEVES LEITE – FIFA (SP)


ANOTADORES-CRONOMETRISTAS

KARIN HORTMANN – (PR)
ROSANGELA APARECIDA PULGA DE OLIVEIRA –(PR)
NELSON DEPETRIS JUNIOR-(PR)

Renata foi a primeira mulher a apitar um Campeonato Mundial de Futsal masculino

A primeira edição da Liga Feminina de Futsal foi idealizada pela Confederação Brasileira de Futsal no ano de 2005. Este ano, a competição será realizada na cidade de Telemanco Borba, no Paraná, e vai para sua décima edição. Com seis títulos e indo em busca do sétimo, a equipe da Associação Female Futsal (SC) desponta como o time a ser batido.

Capitaneadas pela ala Vanessa, considerada em três oportunidades a melhor jogadora de futsal do mundo, as meninas da Female começaram a construir sua supremacia na competição em 2008. O sucesso da equipe catarinense em quadra continuou nos anos seguintes.

Rivalidade

Ano passado, a Nacional Gás quase conseguiu quebrar essa sequencia de títulos da Female, mas esbarrou na experiência e na vantagem do empate obtido pelo time catarinense na primeira partida da final.

Este ano, a Female está no grupo A junto com São Caetano, Aquarius Futsal e Londrina Futsal. A estreia das catarinenses será no dia 15 de agosto, diante do Londrina Futsal.

Confira os jogos da primeira rodada

Associação Female Futsal x Londrina Futsal
Kinderman/Uniarp/Adami x Inter de Lages
AEC Kurdana/Cotia x Blumenau/FURB/Vasto Verde
Unifor/Nacional Gás x Buzzo Sports
Barateiro Futsal x Atlética Hidráulica Brasil

Entre os dias 15 e 22 de agosto, os principais times femininos do futsal nacional irão lutar pelo título da Liga Feminina de Futsal 2014. Este ano, os jogos serão realizados no Paraná, na cidade de Telemanco Borba. Ao todo serão 14 equipes que irão com tudo em busca de hegemonia na categoria.

Destaque para a equipe da Associação Female Futsal, atual campeã e dona de seis títulos seguidos na categoria. Ano passado, o time catarinense fez a final contra a Nacional Gás; após vencerem o primeiro jogo, conseguiram segurar as cearenses e depois de empatarem na prorrogação levaram o título para casa.

Os times foram divididos em três grupos, os dois melhores de cada chave seguem adiante. Confira como as equipes ficaram divididas:

Chave A

Associação Female Futsal (SC)
São Caetano Futsal (SP)
Aquarius Futsal/Telêmaco Borba (PR)
Londrina Futsal (PR)

Chave B

Unifor/Nacional Gás (CE)
Kinderman/Uniarp/Adami (SC)
A.D. São Bernado/A.Sabesp (SP)
Inter de Lages (SC)
Buzzo Sports (SP)

Grupo C
Barateiro Futsal (SC)
AEC Kurdana/Cotia (SP)
C.A. Taboão da Serra/Jaguaré (SP)
Blumenau/FURB/Vasto Verde (SC)
Atlética Hidráulica Brasil (GO)

 

Time feminino conta com orçamento quase dez vezes menor que o Chapecó, rival da estreia na próxima sexta-feira

Time londrinense treina à espera da estreia na Liga Futsal

Campeão da Liga Nacional em 2006 e vice no ano seguinte, o extinto Unopar/Londrina se consolidou como um dos melhores times de futsal feminino do Brasil. Sete anos depois, tudo mudou. A começar pelo nome. Daqui a dois dias, o Londrina Futsal Feminino entra na principal competição da modalidade no Brasil com objetivos mais modestos.

Neste intervalo, a equipe perdeu patrocinadores, chegou a se licenciar de campeonatos oficiais adultos por dois anos e somente em 2013 é que reativou suas atividades. A hora é de recomeçar. Título é um sonho bastante distante. Com um time recheado de jovens e uma média de idade de 23 anos, a meta principal é conseguir um lugar entre os oito que vão à segunda fase da competição.

"No começo do ano, quando sentamos para ver nosso calendário, a Vanda (Sanches, diretora da equipe) me perguntou sobre a Liga e eu disse que era importante. Se a gente pensa em recomeçar, temos que ir, senão não teria sentido voltar com o (time) adulto", sustenta a técnica Jayne Borim.

Ela sabe que as dificuldades serão grandes, a começar pela estreia, contra o atual hexacampeão Chapecó (SC), mas a comandante aposta que a participação, além de dar experiência aos novos valores formados nas categorias de base, também pode significar um reforço moral para o projeto. "Participo da Liga desde que ela começou e estou ciente de todas as dificuldades, mas é importante para nós, são as melhores equipes do Brasil", ressalta.

As dificuldades começam já na diferença de orçamento. Em relação ao Chapecó, por exemplo, que é base da seleção brasileira, o investimento londrinense é quase dez vezes menor. Para piorar, a competição não contará com nenhuma ajuda da Confederação Brasileira de Futsal (CBFS). Assim, além de bancar despesas de transporte, alimentação e hospedagem, as equipes ainda terão que pagar também as taxas de arbitragem.

A Liga Futsal será disputada em Telêmaco Borba entre os dias 15 e 22. O Londrina está no grupo A, ao lado de Chapecó, São Caetano e das anfitriãs.

Campeão da fase regional, Telêmaco busca chegar a Divisão 'A' dos JAPS no próximo ano.

Samuel Carneiro - Redação tbesportes

A seleção masculina de Basquete de Telêmaco Borba, derrotou na noite desta terça feira (12) a forte equipe de Pinhão por 80 a 72, assegurando uma das vagas para as semifinais do torneio da modalidade nos Jogos Abertos do Paraná -Divisão ‘B’ (JAP’s ‘B’) que está sendo disputado em Chopinzinho e Coronel Vivida.

De forma surpreendente, derrotaram os pinhaoenses  que eram os favoritos. Os adversários haviam vencidos na primeira fase seus dois jogos,enquanto os telemacoborbenses, tiveram uma vitória apertada na estréia, sábado dia 9, contra Foz do Iguaçu (57 a 55) e na segunda feira dia 11, foram derrotados por Altônia (53 a 61) chegando a esta segunda etapa em segundo do grupo.

Mas nesta noite, em Coronel Vivida, o time se  superou. Esqueceu o resultado negativo e com determinação fez uma partida memorável, indo pra cima do adversário fechando o primeiro quarto em 19 a 16. No segundo o placar apontava 20 a 10, o que determinou 13 pontos de vantagem ao término do primeiro tempo.

No segundo tempo, Pinhão tentou uma reação, fechou o terceiro quarto em 27 a 26 e fez 19 a 15 no último, parciais que não tiraram a vantagem obtida por Telêmaco Borba na etapa inicial.

SEMIFINAIS

Com esta vitória, o time comandada pelo Professor Alexandre Sikorski, que também é atleta, está confirmado nas semifinais que acontecem nesta quarta.

Além de Telêmaco Borba, que fez a última partida da rodada, também se classificaram, Foz do Iguaçu, Paranaguá e Rolândia.

A rodada começou com a vitória de Foz do Iguaçu contra  Palmas  por 57x48. Em seguida jogaram Paranaguá e Goioere. Paranaguá, que está com 100% de aproveitamento na competição, conseguiu a classificação vencendo por 89x6 e no terceiro jogo, vitória de Rolândia diante de Jacarezinho: 73x60.

Nesta quarta feira (13) às 9h30,  Paranaguá encara Foz do Iguaçu e às 21h15 jogam  Rolândia  e Telêmaco Borba.

Hide Main content block

BASQUETE

Morre ex-técnico da seleção feminina medalha de ...
Waldir Pagan, que tinha 77 anos, também foi o treinador do ouro nos Jogos Pan-Americanos de Cáli. Por ahe!RIO Morreu na noite de ... More info...

FUTEBOL

Botafogo pressiona Dilma e diz que pensa em ...
Em encontro de 12 representantes de clubes com a presidente Dilma Rousseff, nesta sexta-feira, em Brasília, o mandatário do ... More info...

FUTSAL

Federação Paulista reitera apoio à nova gestão da ...
A nova gestão da Confederação Brasileira de Futsal (CBFS) está prestes a completar dois meses de trabalho à frente da entidade. Com ... More info...

DESTAQUES

Blatter chama críticos a concorrerem à ...
Joseph Blatter disse, neste sábado, querer que seus detratores levantem-se e o enfrentem na eleição presidencial da Fifa, em vez de ... More info...

Produção e administração © Sites ABC | Todos os direitos reservados.