quinta-feira , 21 setembro 2017
Últimas Notícias

Talita Bernardo começa bem, mas cansa e perde no fim para Reneau

Em sua estreia no Ultimate, Talita Bernardo não conseguiu o resultado positivo, mas deixou boa impressão. Após aceitar enfrentar Marion Reneau, número 11 do peso-galo (até 61kg) apenas uma semana antes do “UFC: Struve x Volkov”, a brasileira fez um grande primeiro round, mas sentiu o preparo físico e acabou nocauteada aos 4m54s do terceiro round, neste sábado, em Roterdã (Holanda). Agora ela tem cinco vitórias e duas derrotas na carreira, enquanto a americana chega a sua terceira luta seguida sem derrota (duas vitórias e um empate).

Talita começou um pouco afobada na aproximação, mas, assim que se acalmou, conseguiu levar para o solo. As duas trocaram posições, e a brasileira levou vantagem, com direito a uma tentativa de chave de joelho reta que assustou Reneau. Por cima, ela controlou a americana e deixou boa impressão nos primeiros cinco minutos.

Reneau entrou mais cautelosa, trabalhando os jabs na cabeça e linha de cintura. As combinações de socos começaram a entrar com mais facilidade, já que a brasileira aparentava cansaço e movimentava-se pouco. Talita buscou a queda, mas caiu por baixo e viu a rival levantar. Na trocação, Reneau continuou melhor e se aproveitava do melhor preparo físico, normal contra uma oponente que aceitou a luta apenas uma semana antes. Com menos de dois minutos para o fim do round, a brasileira conseguiu a queda no meio do octógono, mas não estabilizou a posição e permitiu que Reneau ficasse de pé outra vez. A americana trabalhou bem seu boxe até o fim do round.

No início do terceiro assalto, Talita se aproveitou de uma aproximação descuidada da rival e derrubou. No ground and pound, abriu um corte no supercílio de Reneau, que encaixou um triângulo com chave de braço, mas não conseguiu o ajuste necessário. A brasileira se defendeu com muito custo, ficou de pé, mas voltou para o solo rapidamente. Porém, Reneau fez boa transição para as costas, ameaçou sair na chave de braço, voltou para as costas com categoria, colocou os ganchos e atacou no mata-leão. Talita se defendeu, mas recebeu muitos golpes duros na cabeça. Mostrando coração, ela resistiu até faltarem seis segundos para acabar o duelo, quando o árbitro interrompeu o combate.

Share This:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*