NOT_GRD_0000032726

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Da redação, Santo André (SP) – A partir desta quarta-feira (7), a Seleção Brasileira Feminina Adulta de Handebol inicia uma nova fase. Sob o comando do técnico interino Sérgio Graciano, 21 convocadas começam os treinamentos em São Bernardo do Campo (SP), de olho nos compromissos deste ano, que são bem importantes. Já neste mês, a partir do dia 18, a equipe disputa do Pan-Americano na Argentina, que vale vaga para o Mundial de dezembro, na Alemanha. Mas antes de embarcar para solo portenho, compete no III Torneio Quatro Nações de sexta-feira (9) a domingo (11), no Ginásio Poliesportivo Adib Moyses Dib, na cidade do ABC paulista.

A primeira convocação do treinador inclui atletas experientes, que já vinham fazendo parte das convocações nos últimos campeonatos, e algumas que terão chance de mostrar serviço para se manter na equipe. É importante lembrar que apenas 16 das 21 convocadas seguirão para a disputa do Pan. “Nessa convocação inicial, temos experiência, com meninas que foram campeãs mundiais, renovação e, principalmente, valorização do trabalho interno das equipes do Brasil. Fazia tempo que não tínhamos na Seleção tantas atletas que jogam no País”, destacou Graciano.

Com a diversidade de jogadoras, o treinador pretende implementar um planejamento diferente para chegar ao grupo que segue para a competição continental. “Vamos dividir as atletas em três grupos, um com as mais experientes e outros dois mais mesclados. Pretendo usar esse formato tanto nos treinos quanto no Quatro Nações. Acredito que, dessa forma, vou conseguir observar melhor cada jogadora.”

Além da tarefa de selecionar as que vão permanecer, Graciano também pretende aplicar algumas mudanças táticas com relação ao que vinha sendo feito. “Vamos implementar novidades no sistema defensivo e no contra-ataque também. E, além da parte tática, tanto eu quanto a próxima comissão técnica queremos reforçar a coletividade. Mostrar para elas que todas são importantes e devem se sentir assim, mas que o grupo é o principal e deve estar acima da individualidade. Quero que acreditem no trabalho e tenham prazer em ser uma peça fundamental para ajudar o coletivo.”

Uma das atletas convocadas é a jovem Bruna de Paula, que apesar da pouca idade, tem tido excelentes atuações pelo clube francês Fleury Loiret, tendo sido inclusive indicada como a melhor atleta estrangeira da Liga Francesa. Bruna acredita na força do grupo, mesmo com as mudanças por conta da saída de veteranas como a ex-capitã Dara e Daniela Piedade.

“Tenho uma expectativa muito boa, espero que possamos fazer uma ótima fase, assim vamos estar preparadas para o Pan, mesmo estando um tempo sem treinarmos juntas. Mas temos um bom grupo e podemos nos sobressair. Já trabalhei com o Daniel ‘Cubano’ (assistente técnico) e me identifico muito bem com o trabalho dele. Com Graciano e Cristiano ainda não trabalhei.”

No III Torneio Quatro Nações, as brasileiras vão enfrentar Chile, Portugal e República Dominicana. Será o primeiro compromisso da equipe neste ano. As partidas de sexta e sábado terão transmissão dos canais SporTV e, no domingo, o jogo entre Brasil e Portugal será exibido dentro do programa Esporte Espetacular, da TV Globo. No dia 13, a Seleção volta a jogar com Portugal em um amistoso.

Ingressos – O III Torneio Quatro Nações Feminino terá como palco o Ginásio Poliesportivo Adib Moysés Dib, e os ingressos serão fornecidos em troca de um quilo de alimento não perecível. Para retirar as entradas, os torcedores devem comparecer no ginásio nos dias 7, 8 e 9, das 10h às 17h. Nos dias 10 e 11, vai depender se ainda houver ingressos disponíveis.

A estreia brasileira será no dia 9, às 21h, contra as chilenas. No dia seguinte, as anfitriãs enfrentam as dominicanas, às 18h. E o último confronto será diante das portuguesas no dia 11, às 9h30.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here