Saúde confirma primeiro caso de H1N1 no Paraná em 2017

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) confirmou o primeiro caso de gripe H1N1 no Paraná. A vítima é um jovem de 24 anos que mora em Cascavel (região Oeste). O registro faz parte do primeiro boletim com o balanço da doença desde o início do ano até o dia 10 de março.

O jovem foi medicado e não corre risco de vida. Segundo a secretaria municipal de Saúde, o paciente já voltou a trabalhar.
E, um homem de 50 anos, está internado com sintomas da doença no Hospital Universitário de Cascavel. Ele é motorista de ônibus e faz a linha Pará – Santa Catarina. Em 2017, o Paraná contabilizou 1078 casos de gripe H1N1, com 217 mortes.

A Sesa anunciou na sexta-feira (24) que a campanha de vacinação contra a gripe no estado terá início no dia 17 de abril e se estenderá até 19 de maio, envolvendo todos os 399 municípios. A mobilização nacional de imunização deve ocorrer no dia 6 de maio, quando as unidades de saúde ficarão abertas durante todo o dia para a distribuição das doses que protegem contra três tipos de gripe, incluindo a H1N1.

O público-alvo inclui pessoas com 60 anos ou mais, crianças de seis meses a quatro anos de idade, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), profissionais de saúde, indígenas, portadores de doenças crônicas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

Para 2017, o Ministério da Saúde também incluiu os professores do ensino regular e superior de escolas públicas e privadas. No Paraná, são cerca de 144 mil profissionais.

Sesa anunciou na sexta-feira (24) que a campanha de vacinação contra a gripe no estado terá início no dia 17 de abril e se estenderá até 19 de maio (foto: Agência Brasil)
Sesa anunciou na sexta-feira (24) que a campanha de vacinação contra a gripe no estado terá início no dia 17 de abril e se estenderá até 19 de maio (foto: Agência Brasil)

Share This:

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA