Após um ano de investigações, a Polícia Civil de Telêmaco Borba realizou a prisão de cinco pessoas nesta quinta-feira (30/11), as quais são acusadas de pelo menos nove homicídios ocorridos no município de Imbaú nos anos de 2016 e 2017, sendo três pessoas presas no município de Imbaú e duas no município de Pinhais, região metropolitana de Curitiba.
As investigações se iniciaram em outubro de 2016, quando ocorreu o homicídio de EDINA ANDRADE DE ALMEIDA (34) no bairro Vila do Reino, quando as investigações apontavam que o crime teria ocorrido a mando de JOSIANE SOUZA BATISTA (40), devido a vítima manter um relacionamento amoroso com o marido de Josiane.
Ao cometer o homicídio o autor também subtraiu o aparelho celular da vítima. Durante esse tempo os policiais investigavam a autoria do homicídio a fim de comprovar a participação da mandante do crime, até que há alguns meses foi descoberto que o aparelho celular subtraido da vítima havia sido registrado em nome de uma mulher de 35 anos, moradora no município de Pinais-PR, esposa do suspeito, um homem de 33 anos, o qual já vinha sendo investigado como o provável autor do homicídio. Durante as investigações, foram relacionados outros oito homicídios praticados com a participação do supeito e outras pessoas, que ainda se encontram foragidas, ocorridos em Imbaú.
Ainda foi apurado que um morador de Imbaú, de 47 anos guardava as armas utilizadas nos crimes. Ele foi preso em sua casa, no Bairro São Cristóvão, em Imbaú, no cumprimento de um mandado de busca e apreensão, sendo apreendidos dois Revólveres, sendo um cal. 38 e outro cal. 22, que o mesmo havia vendido a uma terceira pessoa, que não tinha envolvimento com os crimes, um comerciante, que disse ter adquirido as armas devido já ter sido vítima de roubo em seu estabelecimento por três vezes.
Os quatro presos negam os crimes.
O delegado responsável pelo caso, Dr. Amarantino Ribeiro, ressalta o sucesso da operação e que com a prisão dos suspeitos e a apreensão das armas, serão realizadas perícias a fim de se comprovar a participação dos suspeitos em outros crimes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here