No Paraná 128 mil trabalhadores esqueceram mais de R$ 88 milhões das contas do abono salarial ano-base 2015. Os dados são do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e foram divulgados ontem junto com um alerta. O prazo para o saques destas contas termina no dia 30 de junho. “Esse valor pode fazer a diferença nas famílias e ajudar a aquecer a economia”, afirma o secretário da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos, Artagão Júnior.
O valor do abono é proporcional aos meses trabalhados durante o ano-base 2015. Quem trabalhou durante um mês, por exemplo, receberá o equivalente a 1/12 do salário mínimo, e assim sucessivamente. A fração igual ou superior a 15 dias de trabalho será contada como mês integral. O valor máximo é de R$ 880.
O benefício é válido para trabalhadores que receberam até dois salários mínimos em carteira assinada no ano de 2015 e faz parte do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).
Além disso, o trabalhador deve estar inscrito no Programa de Integração Social (PIS), para os trabalhadores da iniciativa privada, ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), para os servidores. A inscrição deve ter pelo menos cinco ano e o empregador precisa ter informado os dados corretamento na Relação Anual de Informação Social (Rais).
Para fazer o saque do PIS basta comparecer a uma agência da Caixa Econômica Federal. Já o saque do Pasep deve ser feito nas agências do Banco do Brasil.
Para saber quem tem direito ao saque, as informações podem ser conferidas no link verificasd.mtb.gov.br/abono/. A consulta está disponível em relatório por estado e individual pelo nº do CPF ou PIS/PASEP.

 

Exigências para sacar o abono

O trabalhador precisa estar inscrito no PIS/Pasep nos últimos cinco anos
Empregador ter informado corretamente a Relação Anual de Informação Social (Rais)
Ter recebido em 2015 até dois salários mínimos, registrados em carteira
Para sacar o PIS, o trabalhador deve se dirigir a uma agência da Caixa
Para sacar Pasep, o trabalhador deve se dirigir a uma agência do Banco do Brasil

Leia mais no Bem Paraná

Share This:

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA