botipromo_728x90

Cerca de 70 adolescentes do Centro de Convivência da Juventude (CCJ), com idade entre 16 a 19 anos, acompanhados de seus pais ou responsáveis, participaram na quarta-feira, 7 de novembro, de uma palestra explicativa sobre o Projeto Pescar de iniciativa da empresa Braslumber de Telêmaco Borba.

A apresentação foi feita pela coordenadora do projeto Pescar da Braslumber, a pedagoga Ana Paula Fernandes, com o apoio da aluna Ana Cristina, um dos destaques do projeto neste ano.

PUBLICIDADE

De acordo com a coordenadora do CCJ, professora Roseli Pistori Machado, a palestra apresentou diversos benefícios para os jovens participarem do projeto e a perspectiva para o mercado trabalho, inclusive futuramente poder ser contrato pela empresa.

BENEFÍCIOS – O projeto com duração praticamente de um ano e oferece a formação gratuita, uniforme, transporte, alimentação e seguro de vida.

REQUISITOS – Vontade de se preparar para o mundo do trabalho; estar cursando no mínimo o 7º ano do Ensino Fundamental, ou ter o Ensino Médio concluído ou em andamento, ter renda familiar de até meio salário mínimo por pessoa.

DOCUMENTAÇÃO – Carteira de identidade (RG) e CPF.

PERÍODO DE ATIVIDADE – Fevereiro a Dezembro de 2019; de segunda à quinta, das 10h30 às 17h30.

COMO SE INSCREVER – Os adolescentes interessados em se inscrever no projeto devem acessar link> https://site.projetopescar.org.br/inscricoes/ .

Aqueles que não tiverem acesso à internet podem procurar o CCJ, localizado na Avenida Marechal Floriano Peixoto, S/N, Alto das Oliveiras.

VAGAS – Este ano serão ofertadas 25 vagas e até o momento já possui 250 inscritos aproximadamente. O prazo irá até o dia 16 de novembro (sexta-feira).

Serão avaliados renda perca pita por família, questão de vulnerabilidade.

Os alunos permanecerão 6 horas diárias no projeto, sendo 40% técnico e 60% comportamental.

Além de trabalhar a questão profissionalizante associada a iniciação a produção madeireira, no período da tarde terão ainda aulas de inglês, dança e informática.

No período das aulas também são tratados os cuidados com a saúde, higiene, meio ambiente, economia doméstica, autoestima.

Na empresa é desenvolvida uma horta para que os alunos tenham a noção de plantio, trabalho em equipe e planejamento de tarefas. O que é produzido nesta horta os alunos poderão para suas famílias.

PARCERIAS – Apoiam o projeto como parceiro as empresas Padaria Mais Ki-Pão, a Sodexo (oferece o café da manhã e almoço), Vinsa (transporte gratuito), Winners (curso de inglês), Senai (cursos administrativos).

A coordenadora do Centro de Convivência da Juventude (centro), professora Roseli Pistori Machado, a pedagoga Ana Paula Fernandes e aluna do Projeto Pescar, Ana Cristina e o assistente social do CCJ, Marcio Nunes de Paula.

Você pode gostar

loading...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here