“Sete padres entraram em um bar” poderia ser o começo de uma piada, mas o desfecho não foi engraçado. O funcionário de um bar em Cardiff, no País de Gales, pediu que os sete religiosos se retirassem do estabelecimento, no último sábado, porque achou que eles eram homens fantasiados para uma despedida de solteiro. O bar recebe clientes mais quietos e não permite “festas barulhentas”.

Os padres foram até o pub The City Arms vestidos com o tradicional traje preto e branco para comemorar que dois membros do grupo tinham acabado de ser ordenados como diáconos. Porém, o barman explicou que o bar não servia bebida para despedidas de solteiro e que eles teriam que se retirar, recusando as explicações que eles eram “padres de verdade”.

“Depois que ele falou que era uma política do bar não permitir entrada para pessoas fantasiadas e despedidas de solteiro achamos que era uma piada, até que ficou claro que não era o caso. Depois de insistir sem sucesso que éramos estudantes para o sacerdócio, nos viramos para sair”, contou um dos padres ao jornal “Wales Online”.

Quando o grupo já estava na porta, o gerente percebeu o erro do funcionário e chamou os padres de volta para dentro do bar. Para se desculpar pelo mal entendido, ele ofereceu cerveja de graça para os religiosos.

“Quando percebemos nosso erro, pedimos desculpas aos padres rapidamente e, felizmente, eles levaram na brincadeira e focaram no lado engraçado da situação”, disse Matt Morgan, gerente assistente do The City Arms.

Ontem, no extra.globo.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here