O dublê americano John Bernecker, que despencou de uma plataforma de 25 pés, o equivalente a quase 8 metros, ao gravar cenas de “Walking Dead”, teve a morte confirmada ao site “TMZ”. A vítima, de 33 anos, estava em estado grave e respirava com a ajuda de aparelhos no Atlanta Medical Center desde a tarde de quarta-feira, quando sofreu o acidente e ficou com uma lesão grave na cabeça.

Bernecker sofreu o ferimento quando a queda, supostamente planejada, deu errado. Ele e outro ator, Austin Amelio, estavam em um cenário de varanda, e a vítima deveria pular e cair sobre um colchão posicionado lá embaixo. O diretor assistente, Matthew Goodwin, contou aos policiais que o dublê aterrissou fora da área de proteção, “a centímetros” do acolchoado, segundo o “TMZ”.

Ainda de acordo com o relato do diretor à polícia, obtido pelo site, o dublê notou o problema e tentou abortar a queda ao se agarrar em uma grade com as duas mãos. Mas ele soltou a estrutura e caiu com a cabeça e o pescoço fora do colchão.

“Os sets precisam ser mais seguros. Deve haver um pré-requisito para não colocar um super profissional de dublê com um ator inexperiente, que não sabe o que está fazendo”, disse a namorada da vítima, Jennifer Cocker, que também é dublê e se disse “chateada com a produção”.

Outros dublês minimizaram a responsabilidade dos produtores: ressaltaram que havia um “respeitado” coordenador para a cena e que a vítima fez sinal de que estava pronto para o pulo. Amelio, que estava com Bernecker na varanda, contou que, em conversa antes da filmagem, o americano havia confidenciado que nunca havia saltado de tão alto. O ator ainda relatou que o dublê parecia “um pouco nervoso” antes da gravação.

Produtora suspende gravações

De acordo com o site americano, Bernecker estava rodeado de parentes, amigos e da namorada, Jennifer Cocker, no momento em que os aparelhos foram desligados. Ele filmava cenas para a oitava temporada de “The Walking Dead”, que estava prevista para voltar às telas em 29 de outubro, em um estúdio no estado americano de Geórgia.

A produtora responsável informou que as gravações foram suspensas após o acidente.

Bernecker, de 33 anos, havia filmado cenas de longas de sucesso, como “Logan” e “Corra!”, além de três filmes da saga “Jogos Vorazes”. Ele somava mais de 10 anos de carreira como dublê de Hollywood.

O sindicato dos atores dos Estados Unidos (SAG-AFTRA) informou que vai investigar as causas da queda. No Facebook, antes de confirmada a morte de Bernecker, a namorada do dublê considerou “injusto” o acidente com o amado e ainda tinha esperanças de que ele voltasse à ativa.

“John merece ser visto por todos os neurocirurgiões e médicos, até que um deles veja a vida que todos nós sabemos que ele tem dentro de si e o traga de volta para nós. ISTO NÃO É JUSTO”, lamentou Jennifer.

Fotos no Facebook do dublê mostravam sua rotina de filmagens no arriscado ofício.

Share This:

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA