botipromo_728x90

De acordo com um relatório da Coordenadoria de Análise e Planejamento Estratégico (Cape) da Secretaria Estadual de Segurança Pública e Administração Penitenciária (Sesp), divulgado na terça-feira (26), o número de vítimas de lesão corporal seguida de morte e latrocínios aumentou em 2018 no Paraná. Ainda conforme o balanço, houve redução no índice de homicídio doloso.

Segundo a Sesp, em 2018, foram computados 94 mortes por latrocínio, o que representa um aumento de 27 registros em relação a 2017. Já o número de lesão corporal seguida de morte subiu de 36, em 2017, para 39, em 2018.

PUBLICIDADE_____________________________________________________________

Ao todo, foram registradas 2.290 mortes por crimes violentos no ano passado. Em relação a 2017, teve uma queda de 202 mortes.

QUEDA NOS HOMICÍDIOS DOLOSOS

O relatório mostra queda no número de homicídios dolosos no Paraná. Em 2018 foram 1.955 casos, o menor índice desde 2007, ano em que os dados começaram a ser contabilizados oficialmente. A redução é de 10,6% em comparação a 2017, que registrou 2.187 ocorrências e era até então o menor número do período. Em relação a 2007, o resultado do ano passado representa queda de 26%. A taxa de homicídios por 100 mil habitantes foi de 17,22%.

Dos 399 municípios do Paraná, 37% (146) não registraram homicídios entre janeiro e dezembro, e 28% (113) registraram apenas um ou dois homicídios no período.

Curitiba registrou 293 homicídios em 2018, uma queda de 21% em relação ao mesmo período do ano anterior. Já na 2ª Área Integrada de Segurança Pública (AISP) de São José dos Pinhais, que compreende 22 municípios da Região Metropolitana de Curitiba, a redução foi de 17,6%. A tendência foi vista também em outras 12 AISP.

loading...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here