Charles Leclerc acredita que a Ferrari está um pouco atrás da rival Mercedes em ritmo de corrida após a conclusão das sessões de treino de sexta-feira para o GP da Inglaterra.

A Mercedes terminou com 1-2 na segunda sessão de treinos em Silverstone, mas Leclerc emergiu como o adversário mais próximo da equipe, 0s197 atrás de Valtteri Bottas.

PUBLICIDADE_____________________________________________________________

Mas Leclerc considera que a imagem é enganadora e que a Ferrari enfrenta um déficit substancial para os líderes. “Esperava que a Mercedes fosse a equipe a ser batida neste fim de semana e eles confirmaram isso, foram muito, muito rápidos em ritmo de corrida”, disse Leclerc.

“Penso que o ritmo de classificação não é assim tão ruim, mas o nosso ritmo de corrida tem sido muito difícil. Tivemos muitas dificuldades com os dois pneus dianteiros, mas o frontal esquerdo estava particularmente morto, então temos que trabalhar nisso”, completou.

O companheiro de equipe Sebastian Vettel, que venceu a corrida em 2018, ficou em quarto. “Bem, foi um pouco difícil, penso que foi de altos e baixos esta tarde, por muitas razões”, declarou ele.

“Tentamos algumas coisas. Por isso, não nos incomodamos tanto com um ou dois tempos de volta em particular. Penso que o panorama geral de hoje, foi bom, muitos saltos para nós, para cima e para baixo, ainda assim a Mercedes parecia muito rápida, por isso vamos ver onde vamos estar amanhã”, prosseguiu.

“Acho que fizemos isso hoje e algumas coisas não funcionaram, por isso temos que escolher agora as cartas certas para amanhã”, concluiu Vettel.

VOCE TAMBÉM PODE GOSTAR
loading...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here