botipromo_728x90

William Bittar – CBN Curitiba

O advogado Túlio Bandeira foi preso nesta terça-feira (15) pelo Grupo de Atuação de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Paraná, em uma investigação contra crimes praticados na Prefeitura de Araucária, na região metropolitana de Curitiba. Bandeira foi detido preventivamente em Santo Antônio do Sudoeste, na Operação Sinecuras.

PUBLICIDADE

O advogado já foi candidato ao governo do Paraná, em 2014, pelo partido PROS, e já havia sido preso na Operação Pecúlio, em Janeiro de 2017, suspeito de participar de um esquema de corrupção na Prefeitura de Foz do Iguaçu, onde também foi candidato, em 2016.

De acordo com o MPPR, ao menos três empresas que tinham contratos com a prefeitura pagavam agentes públicos em troca de apoio a projetos do Executivo de interesse das empresas. A participação de Bandeira no esquema não foi detalhada na denuncia e os processos estão em fase de citação dos investigados.

A operação investiga, entre outros crimes, pagamentos a vereadores e ex-vereadores, feitos por pelo menos três empresas que tinham contratos com a prefeitura, para compra de apoio a projetos do Executivo. Segundo o Ministério Público, os valores pagos mensalmente giravam em torno de R$ 120 mil, e o acordo em troca de apoio permitia aos vereadores a indicação de pelo menos cinco servidores para ocupação de cargos em comissão na Prefeitura de Araucária.

O esquema durou de janeiro de 2013 a julho de 2016, totalizando cerca de R$ 5 milhões.

Na mesma operação, já foram presos dois ex-prefeitos, três vereadores e sete vereadores.

 

loading...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here