00a0e5c4-dbc5-4b73-b762-242a4dc7df92

Castro (PR) – Na noite dessa segunda-feira (10), a Seleção Brasileira de Futebol de Salão Clássico AMF, iniciou a série de amistosos diante do Paraguai, visando à preparação de ambas as seleções para a Copa América, que acontecerá em agosto, na Colômbia e para o Mundial, que ocorrerá no mês de novembro na Espanha/Catalunha. Em Castro, no Ginásio Padre Pagnaco, tradicional casa da bola pesada na histórica cidade paranaense, o bom público que compareceu pode ver um bom jogo e ótima vitória brasileira, por 6×1.

O Jogo

Diante de uma tradicional equipe, as brasileiras, como já era de se imaginar, tomaram a iniciativa do jogo e coube a Rarine a primeira grande oportunidade, em batida cruzada, que contou com boa intervenção da goleira paraguaia Meliza Ferreira. A pressão da equipe verde e amarela deu resultado aos 4’24”, quando Luísa arrematou no ângulo paraguaio abrindo o placar.

O gol não intimidou a equipe visitante e aos 5’13”, Leila Stulmann, a capitã paraguaia, fez grande jogada individual e arrematou sem chances para a goleira Missi. O jogo equilibrou, com o Brasil tendo mais posse de bola e o Paraguai mantendo uma boa base defensiva, mas aos 7’35”, após cobrança de lateral, Day Rocha desviou de cabeça e na saída errada da goleira Meliza Ferreira, Ellen só teve o trabalho de completar para o gol vazio, marcando o segundo gol canarinho.

Aos 10’04”, a artilheira Day Rocha ampliou para o Brasil, anotando o terceiro gol. Com boa movimentação e troca de passes em velocidade, o Brasil dominava o jogo. Aos 14’57”, após bela troca de passes, a camisa 10, Luísa marcou o gol mais bonito da noite, arrematando da intermediária ofensiva, no ângulo da arqueira paraguaia; era o quarto gol brasileiro, fechando o placar da primeira etapa.

No segundo tempo, o jogo equilibrou e as comandadas do treinador Cristhian Acuña voltaram com a marcação mais avançada, entretanto, sem muita qualidade ofensiva. Por outro lado, as brasileiras, muitas vindo de longas e cansativas viagens, apresentavam os primeiros reflexos desta situação.

Aos 32’17”, outro lindo gol brasileiro, após lançamento perfeito de Luísa, Michi dominou com precisão e com muita categoria, apenas deu um “tapa” na saída da goleira Meliza Ferreira, marcando o quinto gol. Haveria tempo para outro gol canarinho, desta vez da pivô Day Rocha, de cabeça, contando com falha da goleira guarani, aos 37’35”, fechando o placar final do primeiro duelo do desafio.

“Não conhecíamos as paraguaias, pois ainda não havíamos enfrentado elas, mas realmente podemos observar que trata-se de uma equipe qualificada, em determinado momento impuseram dificuldades, mas tivemos intensidade e soubemos construir o placar e certamente em Tibagi teremos outro grande jogo”, avaliou o treinador Anderson Valério. Nesta terça-feira (11), na cidade de Tibagi, no Ginásio Quirão, a partir das 20 horas, brasileiras e paraguaias voltam a se enfrentarem pelo segundo jogo do Desafio Internacional.

Informações: Assessoria de Comunicação CFSB – Seleção Brasileira de Futebol de Salão Clássico Feminino

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here