botipromo_728x90

A Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG) tem uma pauta ambiciosa para 2018. Presidida por Juca Sloboda (DEM), prefeito de Jaguariaíva, a Associação quer efetivar projetos que garantam o desenvolvimento da região. Entre as propostas que deverão entrar em debate já nos próximos meses está o início das atividades do Grupamento Aéreo de Resgate (Graer), o Samu Regional e a instalação de novos distritos industriais nas cidades interioranas.

Procurado pela reportagem, Juca Sloboda lembrou que a pauta é extensa e por isso os prefeitos deverão se reunir já nas próximas semanas para discutir o assunto. “Entre nosso planejamento está avançar ainda mais no debate sobre a efetivação do Samu Regional, serviço que atenderá a 24 municípios da região dos Campos Gerais e Norte Pioneiro”, lembrou o prefeito. No entanto, a efetivação da atividade ainda depende de outros trâmites burocráticos em âmbito municipal e federal.

PUBLICIDADE

Para que a atividade do Samu Regional seja implementada os municípios deverão construir sedes para a atuação dos funcionários e também realizar concurso público para contratação. “Além disso, as Prefeituras terão que se credenciar junto ao Ministério da Saúde para receber as ambulâncias destinadas para o programa, ao todo são 24 veículos”, explicou Sloboda. A estimativa é que o serviço esteja em funcionamento pleno em agostou ou setembro de 2018.

Já o início das atividades do Graer deve acontecer ainda no primeiro trimestre do ano. Sloboda contou que a expectativa é que o Governo do Estado adquira o helicóptero destinado à unidade que ficará em Ponta Grossa ainda no começo deste ano. “O prazo que nos deram é que em março, no mais tardar abril, a aeronave estará disponível par atender aos municípios da região”, contou o presidente da AMCG.

A instalação de novos distritos industriais regionais também está na pauta dos prefeitos para 2018. O presidente da AMCG lembra que interiorizar o investimento industrial é um dos principais desafios dos próximos anos. “No Paraná o investimento industrial ainda está muito localizado. A região de Tibagi foi a primeira a receber um distrito regional, quero agora trazer esse mecanismo de desenvolvimento para as cidades de Jaguariaíva, Piraí do Sul e outros municípios vizinhos”, explicou o presidente da AMCG.

Prefeitos querem participar da divisão do ICMS

Outro tema na agenda da AMCG para este ano e a divisão do ICMS (Imposto sobre circulação de mercadorias e serviços) arrecadado na Unidade Puma, em Ortigueira – o local representa o maior investimento privado da história do Paraná. Juca já havia exposto o argumento de que boa parte dos insumos utilizados no local são produzidos na região dos Campos Gerais. “Esse é um debate que recomeçou agora e nós entendemos que os municípios também tem direito a esses recursos já que fornecemos parte da madeira utilizada no local”, explicou Sloboda. O debate sobre a partilha do imposto deverá continuar na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep).

Eleição

Juca Sloboda cumpre o primeiro mandato como presidente da AMCG. Os prefeitos associados deverão realizar uma nova eleição no próximo dia 2 de fevereiro – Sloboda já adiantou que será candidato a reeleição e a chapa deve contar com Marcelo Rangel (PPS), prefeito de Ponta Grossa e Rildo Leonardi, prefeito de Tibagi.

loading...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here