Coritiba dá adeus ao sonho do acesso tomando cinco do São Bento

0

Encerrando de vez suas chances matemáticas de acesso na Série B do Campeonato Brasileiro, o Coritiba perdeu para o São Bento por 5 a 2, no Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba, em mais um capítulo melancólico em sua campanha na competição. Com o resultado, as duas equipes somam 46 pontos ganhos cada, sem risco de queda, com o time paulista com vantagem nos critérios de desempate, na 10ª posição.

O Bentão precisou de menos de um minuto para abrir o placar, com Diogo Oliveira, que pegou sobra de bola para estufar a rede. De pênalti, o Alviverde respondeu, aos quatro minutos, com Alecsandro. Também de penalidade, aos 36 minutos, Marcelo Cordeiro marcou para os donos da casa. Alecsandro, aos 38 minutos, deixou tudo igual. Depois do intervalo, aos 19 minutos, Joãozinho fez o terceiro. Francis, aos 32 minutos, e Dudu Vieira, aos 42 minutos, fecharam a contagem.

PUBLICIDADE

Na próxima rodada, o São Bento enfrenta o Sampaio Correia, sábado, no Castelão, em São Luís. Já o Coritiba terá pela frente o Goiás, sexta-feira, no Estádio Couto Pereira, na capital paranaense.

O jogo – A partida começou com um gol relâmpago. Antes do primeiro minuto, contra-ataque para o Bentão e, após cruzamento, Diogo Oliveira pegou sobra de bola e empurrou para o fundo da rede. Aos dois minutos, cruzamento de Chiquinho e a bola bateu no braço de Ewerton Páscoa. O árbitro anotou a penalidade, que Alecsandro cobrou e deixou tudo igual. O jogo era animado e, aos oito minutos, Francis apareceu com liberdade, na pequena área, e conseguiu perder o gol.

O time da casa queria a vitória para se livrar de vez do rebaixamento e, aos 12 minutos, Francis recebeu na entrada da área e bateu forte, pela linha de fundo. O Coritiba respondeu aos 19 minutos, com Pablo aproveitando cruzamento para dar um belo voleio, por cima da meta de Rodrigo Viana. Ótimo lançamento de Chiquinho para Guilherme Parede, aos 27 minutos e Roni apareceu para cortar e afastar o perigo.

Bentão no ataque, aos 35 minutos, e Alan Costa derrubou Ronaldo na área. Mais uma penalidade marcada. Na cobrança, Marcelo Cordeiro deixou novamente a equipe paulista na frente. Mais uma vez o Coxa foi rápido em sua reação. Aos 38 minutos, Alecsandro recebeu de Guilherme Parede e soltou o pé para empatar.

Para a segunda etapa, as equipes retornaram sem modificações. Logo no primeiro minuto, Tony chutou cruzado e Rafael Martins defendeu em dois tempos. Quase se repetiu a história do primeiro tempo. Pablo, que ganhou uma nova chance no Coxa, cobrou fala na barreira e, no rebote, bateu para fora. A disputa ficou mais truncada, até que, aos 19 minutos, Diogo Oliveira cruzou e, após duas tentativas, a bola ficou com Joãozinho, que finalizou para fazer o terceiro do Bentão.

O Coritiba quase empatou novamente, aos 23 minutos, com Guilherme Parede, que ficou com a bola na cara do gol e bateu em cima de Rodrigo Viana. Mas, aos 32 minutos, após cobrança de escanteio, Thalisson Kelven desviou para trás e Francis apareceu para completar e marcar o quarto do time paulista. Nathna partiu para a jogada individual, aos 41 minutos, mas o cruzamento fechado foi afastado pela defesa. Na sequência, Dudu Vieira fez mais um para o São Bento para fechar a goleada.

SÃO BENTO 5 X 2 CORITIBA

Local: Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba (SP)
Data: 06 de novembro de 2018, terça-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Daniel Nobre Bins (RS)
Assistentes: Mauricio Coelho Silva Penna (RS) e Andre da Silva Bitencourt (RS)
Cartões amarelos: Ewerton Páscoa e Roni (São Bento); Alan Costa, Thalisson Kelven e Escobar (Coritiba)

Gols
SÃO BENTO: Diogo Oliveira, a 01 minuto e Marcelo Cordeiro, aos 36 minutos do primeiro tempo; Joãozinho, aos 19 minutos, Francis, aos 32 minutos e Dudu Vieira, aos 42 minutos do segundo tempo
CORITIBA: Alecsandro, aos 04 minutos e aos 38 minutos do primeiro tempo

SÃO BENTO:Rodrigo Viana; Tony, Ewerton Páscoa, Anderson Salles e Marcelo Cordeiro; Fábio Bahia, Dudu Vieira e Diogo Oliveira (Cléo Silva); Roni (Joãozinho), Ronaldo e Francis.
Técnico: Marquinhos Santos

CORITIBA: Rafael Martins; Leandro Silva, Thalisson Kelven, Alan Costa e Abner; Escobar (Matheus Bueno), Simião e Chiquinho (Kady); Guilherme Parede, Pablo (Nathan) e Alecsandro
Técnico: Argel Fucks


Você pode gostar

loading...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here