O britânico Brett Kinloch, de 31 anos, morreu três horas após sua mulher dar à luz uma menina, no último dia 11, no Reino Unido. Com um tumor no cérebro, ele tinha o sonho de conhecer a filha, Ariya. O parto foi realizado num hospital na cidade de Luton, a 36 quilômetros da unidade onde Brett estava internado, em Milton Keynes. A mulher dele, Nicola, sabia que precisava se apressar. Em menos de 1h, ela levou a criança até Brett.

“Não havia dúvida sobre isso, ele esperou por ela”, disse Nicola, segundo a “BBC”. “Eu a coloquei perto do rosto dele e a deitei em seu braço, peguei a mão dele e acariciei o cabelo dela”.

Brett foi diagnosticado com um tumor agressivo em 2015, mas, de acordo com sua família, “nunca perdeu a esperança” e continuou trabalhando até três semanas antes de morrer. Ele era professor de Educação Física e morava na cidade de Linslade com a mulher e suas outras duas filhas, Freya, de 4 anos, e Ella, de 18 meses.
PUBLICIDADE_____________________________________________________________

A fotógrafa Sarah Scott publicou um relato sobre o casal em sua página no Facebook. Ela trabalhou no casamento de Brett e Nicola, em 2016, quando ainda estava começando a fotografar cerimônias matrimoniais.

“Brett e Nicola são literalmente duas das pessoas mais amáveis ​​e calorosas que você poderia esperar encontrar. Depois do casamento, fotografei regularmente a sua linda e sempre crescente família e cada vez que foi um prazer absoluto”, afirmou.

“É difícil colocar em palavras o quão devastada estou por sua família, mas sei que Nicola e suas três garotas incríveis continuarão vivendo suas vidas ao máximo em honra a Brett. Tendo fotografado sua filha mais velha, Freya, desde o dia do casamento de seus pais e vendo-a crescer fica claro que ela puxou a mesma natureza calorosa e positiva de sua mãe e de seu pai, e não duvido que suas duas irmãs mais novas também tenham puxado”.

Sarah compartilhou ainda uma campanha de financiamento coletivo para a família Kinloch, que já arrecadou 14,5 mil libras (cerca de R$ 70,2 mil).

Back in May of 2016, I photographed my very first wedding. I can't begin to tell you how nervous I was. I hadn't met the…

Posted by Sarah J Scott Photography on Monday, February 18, 2019


Recomendadas para Você

loading...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here