Adolescentes participaram ativamente das atividades promovidas no CCA sobre o Combate ao Trabalho Infantil.

Nas semanas de 02 a 11 de maio, o Centro de Convivência do Adolescente (CCA) trouxe ao debate o dia 12 de junho – Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil.

Dados apontam que, apesar de ser proibido, 5 milhões de brasileiros entre 5 e 17 anos trabalham muitas das vezes por míseros trocados.

Os adolescentes puderam então refletir sobre a culpa ser da família ou de uma sociedade que não oferece saídas; tipos de exploração no trabalho infantil; diferença entre exploração e relação de trabalho na família.

No cronograma de ação do CCA passaram os filmes: “A pequena Mis Sunshine” e “Uma história de amizade”.

Houve o lançamento do desafio (Concurso Cultural Interno CCA) em representar, através de duas categorias (desenho ou texto), uma mensagem de conscientização sobre “Combate ao trabalho infantil”.

Os desenhos e textos escolhidos resultaram em lembrancinhas (caderno) que serão ofertadas aos profissionais assistentes sociais que encaminham e acompanham os adolescentes no CCA, lembrando a data de 15/05, é comemorado o Dia do assistente social.

“Pensamos que o objetivo foi atingido, pois pudemos ‘plantar’ a dúvida” que gera mudanças comportamentais, pois a violação de direitos não se dá somente com ação, mas também por omissão”, justifica a coordenadora do Centro de Convivência do Adolescente, professora Luciandréa Camargo.

Em paralelo as atividades mencionadas, aconteceram os projetos: Recreação, partidas amistosas de futsal reunindo o CCA Sub 13 e Muleques do Futsal e CCA Sub 17 e CAMA; a premiação aos adolescentes do programa “Evasão Zero do mês de abril. Além dos projetos Lutas, Musicalização, Religiosidade.

O CCA é administrado pela Prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, e localiza-se na Rua Bandeiras, S/N, bairro Jardim Bandeirantes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here