O Brasil começou o Major Series de Gstaad, na Suíça, com oito vitórias em 10 jogos no torneio feminino, nesta quarta-feira (05.07). Ágatha/Duda (PR/SE), Elize Maia/Taiana (ES/CE), Fernanda/Bárbara (RJ) e Larissa/Talita (PA/AL) venceram os dois jogos que disputaram e estão invictas no torneio. Juliana e Carol Horta (CE) foram superadas, mas seguem com chances de classificação à fase eliminatória.

Nesta quinta-feira (06.07) ocorrem os últimos jogos da fase de grupos, além da repescagem. Oitavas de final e quartas de final serão disputadas na sexta-feira (07.07), com as semifinais, disputa de bronze e finais realizadas no sábado (08.07). O site swatchmajorseries.com transmite as partidas ao vivo diretamente de Gstaad.

Larissa e Talita começaram o dia vencendo as suíças Laura Caluori e Elena Steinemann por 2 sets a 0 (21/17, 21/16), em 30 minutos. Horas depois, nova vitória, desta vez contra as holandesas Madelein Meppelink e Sophie van Gestel, e de virada: 2 sets a 1 (16/21, 21/12, 15/11), em 35 minutos. Elas lideram o grupo B e encerram participação na chave contra as alemãs Bieneck/Schneider, nesta quinta-feira.

Ágatha e Duda também venceram duas vezes na estreia em Gstaad. Primeiro superaram as italianas Marta Menegatti e Rebecca Perry por 2 sets a 0 (21/19, 21/15), em 35 minutos. A segunda vitória foi contra as ucranianas Davidova e Shchypkova, também em sets diretos, 21/19, 21/14, em 35 minutos. A parceria decide o primeiro lugar do grupo C nesta quinta contra as canadenses Bansley e Wilkerson.

Fernanda Berti e Bárbara Seixas também tiveram dois triunfos na abertura da fase de grupos. As primeiras ‘vítimas’ do dia foram as holandesas Sinnema e Stubbe, que foram superadas por 2 sets a 0 (21/10, 23/21), em 32 minutos.

O segundo duelo foi contra o time norte-americano formado pela tricampeã olímpica Kerri Walsh e sua nova parceira, Nicole Branagh. As brasileiras venceram por 2 sets a 1 (21/18, 21/23, 15/11), em 53 minutos. A disputa pela liderança do grupo H será contra as suíças Heidrich e Vergé-Depré, nesta quinta-feira.

Elize Maia e Taiana também tiveram duas vitórias no grupo A, superando na estreia as finlandesa Taru Lahti e Riikka Lehtonen, por 2 sets a 1 (21/14, 20/22, 17/15), em 53 minutos. O segundo triunfo foi sobre as donas da casa, as suíças Nina Betschart e Tanja Huberli, também no tie-break, com parciais de 15/21, 21/17, 15/12, em 46 minutos. Fechando participação na chave elas duelam contra as irmãs ucranianas Inna e Iryna Makhno, nesta quinta.

A única dupla que não conseguiu vencer nesta quarta-feira foi a formada por Juliana e Carolina Horta. Elas acabaram superadas pelas canadenses Sarah Pavan e Melissa Humana-Paredes por 2 sets a 0 (21/13, 21/17), e pelas norte-americanas Kelly Claes e Sara Hughes, por 2 sets a 0 (21/14, 21/19), ambos os jogos em 31 minutos de duração. Elas ainda jogam contra as espanholas Elsa Baquerizo e Amaranta Navarro nesta quinta-feira, pelo grupo E, tentando conseguir uma vaga à repescagem.

O Major Series de Gstaad distribui 600 mil dólares em prêmios aos atletas, além de 1.200 pontos à dupla campeã. Este é o 18ª ano consecutivo que a cidade recebe uma etapa, sendo um dos torneios mais tradicionais do circuito e um dos preferidos dos atletas, aos pés dos Alpes. O Brasil é o maior vencedor na Suíça, com 17 ouros sendo nove entre as mulheres e oito entre os homens.

Share This:

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA