Aos poucos, o Athletico vai se reaproximando da Rede Globo e pode fechar um acordo com a emissora para a transmissão de seus jogos no Campeonato Brasileiro e também participar do fantasy game Cartola FC. A um mês do início do Brasileirão, o clube e o Palmeiras estão fora das transmissões em TV aberta, já que ainda não assinaram contrato para o período de 2019 até 2024.

A reportagem apurou que o Furacão está se aproximando de um acordo definitivo com a emissora. O vínculo também incluiria os direitos de transmissão em pay-per-view (PPV), além da chamada “nuvem digital”, que inclui o Cartola FC, por exemplo.

PUBLICIDADE_____________________________________________________________

Na TV fechada, o Rubro-Negro é exclusivo da Turner nas próximas seis temporadas. Neste ano, o time terá 12 partidas exibidas no canal TNT ao longo do campeonato.

A negociação se arrasta desde de o início de 2018. O perfil dos dirigentes do clube, que se orgulham em bater de frente com a Globo, contribuiu para a demora nas tratativas. “Petraglia sendo Petraglia”, disse um interlocutor à reportagem.

Publicamente, Petraglia já criticou várias vezes a divisão das cotas – que favoreceria Corinthians e Flamengo. Mesmo assim, continuou a conversar com a Globo. No fim do ano passado, foi ao Rio de Janeiro para uma reunião com o diretor de direitos de futebol, Fernando Manuel Pinto. Semanas depois, o executivo foi convidado pelo clube para assistir à final da Copa Sul-Americana, na Arena da Baixada.

Se fechar com a Globo, o Athletico entraria em “outro patamar” na questão de transmissões, no mesmo nível de mineiros e cariocas no que diz respeito à possibilidade ter jogos exibidos na TV aberta.

Não há garantia de exibição, mas a mudança de nível poderia render mais dinheiro em caixa. Ao todo, 30% do bolo total (cerca de R$ 600 milhões) é referente aos jogos mostrados ao vivo. Outros 30% são distribuídos de acordo com a colocação final, além de 40% de maneira igualitária.

Como contrapartida, o Furacão teria aceitado os redutores (20% no valor total e 5% por partida no PPV) pelo contrato com a Turner. A Globo não abriu mão desse ponto, já que o formato está consolidado e há outros times que já sofrem essa consequência, como Santos e Bahia.

No contrato antigo, que se encerrou no ano passado, o Rubro-Negro recebia R$ 35 milhões da televisão por temporada. A nova conta depende de variáveis, mas o número poderia ser quase o triplo, por exemplo, em caso de título nacional. Se o campeão tiver vínculo total com a Globo (TV aberta; fechada e PPV), leva R$ 33 milhões em 2019.

loading...
ASSISTA AQUI A PROGRAMAÇÃO DA TV N

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here