Americano casado com professora que o estuprou aos 12 anos pede divórcio

150

O americano Vili Fualaau, de 33 anos, assinou os documentos para se divorciar de Mary Kay Letourneau, de 55, sua professora no ensino fundamental, condenada por tê-lo estuprado em 1997, quando ele tinha 12 anos. Os dois se casaram em 2005, pouco depois de a mãe de seus dois filhos deixar a prisão, nos EUA

Na época do escândalo, Mary tinha 34 anos. Quando o abuso veio à tona, ela já estava grávida do aluno. Condenada a sete anos de cadeia, a professora ganhou o direito à liberdade condicional em 1998, mas foi flagrada com Vili no carro dela. Como qualquer contato entre os dois estava proibido na época, a Justiça a mandou de volta à prisão, onde Mary teve o segundo filho do aluno.

Quando a relação entre eles começou, Mary era casada e já era mãe de quatro crianças. O caso foi destaque não apenas em Seattle, nos Estados Unidos, onde a história aconteceu, mas também conquistou as páginas dos tabloides internacionais. Além disso, o relacionamento deles inspirou livros e o filme “All american girl: The Mary Kay Letorneau story”, dirigido por Lloyd Kramer.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here